quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Língua


Eu tenho um verdadeiro fascínio por idiomas e também pelas sensações que eles nos passam. Acho isso digno de pesquisa e, certamente, já deve ter muita gente pesquisando. Acho que as línguas espanhola e italiana, por exemplo, nos transmitem uma sensação alegre, quente, intensa. Já o Inglês passa uma sensação de seriedade, de formalidade. Logicamente, nem sempre o conteúdo da comunicação tem a ver com a sensação transmitida. Mas, certamente, a sensação transmitida também tem a ver com esteriótipos inconscientes que temos sobre os povos que falam essas línguas.
Constantemente penso em qual seria a sensação que o português deixa para quem não o tem como língua mãe. É e será uma incógnita para sempre para os brasileiros por exemplo. Por mais que os estrangeiros nos relatem, nós nunca seremos capazes de nos desprendermos do português a ponto de sentí-lo antes de compreendê-lo. Acho que é exatamente este o ponto crucial. A língua mãe é entendida de imediato, enquanto as demais são sentidas primeiramente. O entendimento só vem em um segundo momento, no caso de termos conhecimento sobre ela.
Ou seja, não temos a nossa primeira impressão sobre a nossa própria língua. Pulamos essa parte.
Tanto que, não raro, conseguimos nos concentrar em outras atividades e ainda assim entender o que está sendo dito ao redor (o diálogo de outras pessoas, um jogo de futebol na TV, uma notícia no Rádio). Mas, quando o idioma não é o nosso, mesmo que a gente o domine, é preciso parar tudo e prestar, realmente, atenção para compreender o que está sendo dito. É como se tivessemos que ligar um botãozinho de legenda no nosso cérebro. Os ouvidos não estão ligados naturalmente para as outras línguas como está para o português. É muito interessante. E mesmo o português de Portugal, pelo menos a mim, não passa sensação alguma. É pura racionalidade, compreensão imediata. Nada de sensações. Português com jeitinho diferente, mas ainda assim, o nosso português.

Um comentário:

  1. Vc sabe o que os estrangeiros pensamos sobre os brasileiros.. sobre la língua portuguesa... os estrangeiros temos a sensacao de que e uma límgua muito alegre, festiva, com muita vida, porque isso é e esteriotipo inconsciente que temos sobre voces.. sobre o povo brasileiro... sempre esta presente a idea que o povo brasileiro e muito amigable e sempre esta bainado e sempre gosta de ouvir musica alegre.. jogando.. riendo.. e toda uma categoria "smiling" de vida.. isso é o esteriotipo que hay sobre o povo brasileiro..
    vc sabe também minha clasificao de las linguas.
    pra mim o ingles é uma lingua necesaria
    italiano e uma lingua familiar, quente
    e portugués e uma lingua alegre, dancate
    aleman e uma lingua culta, directa
    e espanhol pra mim é la categoria desde onde eu posso sentir as demais linguas..

    ResponderExcluir