sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Pó mágico de Tinker


Dos desenhos mais recentes que tenho visto no cinema, me chama muito a atenção Tinker Bell, a fadinha que é mais conhecida no Brasil como Sininho, amiga leal do Peter Pan. Para quem não sabe, Tinker Bell foi desmembrada da história de Peter, nas quais era mera coadjuvante, para ter suas próprias histórias produzidas em série pela Disney. É uma personagem incrivelmente humana, apesar de ser uma fada, que intriga as crianças e traz um ar divertido aos adultos mais engajados. Tinker é, por exemplo, orgulhosa e teimosa. Como na vida real, passa por situações em que suas características são uma vantagem e por outras em que paga um preço por elas. A fadinha é mais real do que todas as dezenas de personagens das histórias da Barbie, sempre tão maniqueístas_ onde as meninas de tão perfeitas, que passam longe de serem humanas. Tinker é tão humana e, nem por isso, menos doce para as crianças.